fbpx
eclipse 21 de junho 2020

Eclipse de 21 de junho 2020

Queridas e Queridos,
Eclipse é assim…algo some da sua frente! Falta luz e clareza. É possível que você tenha se sentido com menos energia neste fim de semana que passou! Para mim, foram dias de intensa emoção e ontem eu me sintonizei e me deixei “apagar” assim como a Lua ofusca o Sol. 

A energia que um eclipse mobiliza é enorme.  Este eclipse mexeu e vai mexer comigo, com você, com  Brasil e o mundo. O dia exato foi ontem, mas os efeitos já começaram a ser sentidos dias antes e vão perdurar por um bom tempo. 
Não se trata de um eclipse qualquer. Coincidiu com o solstício de Câncer. Eclipse e solstício formam uma dobradinha que esteve ausente do céu durante todo o século 20, mas agora no século 21 se repete com uma certa frequência. Até o ano de 2050 serão quatro ocorrências:

Solstícios e Equinócios por si só trazem novidades. Marcam o início das estações. Renovam a energia e impulsionam mudanças. Quando potencializados por um eclipse podem provocar múltiplos efeitos e desdobramentos. 
Os eclipses acontecem geralmente aos pares, mas este ano, além de inúmeros outros eventos astrológicos raros e importantes, tivemos agora uma série de três eclipses no espaço de um mês. O primeiro aconteceu na lua cheia de 05 de junho passado no eixo Gêmeos Sagitário e teremos um terceiro em 05 de julho que, junto com o de ontem, encerra a série de eclipses do eixo Câncer Capricórnio.

Eclipse solar na Índia (Adnan Abidi/Reuters)
Eclipse solar na Índia (Adnan Abidi/Reuters)

Porque estes dois últimos eclipses são importantes?

Para Você:

Um eclipse como o de ontem que “apaga” o Sol faz com que, diante de um futuro ainda muito incerto, a tendência seja se apegar ao passado. A nostalgia pode tomar conta e a vitalidade cair. Mas eclipses solares também precipitam acontecimentos que estavam por um fio. Trazem à tona pessoas e situações esquecidas que precisam voltar à cena para serem incorporadas ao presente ou eliminadas de uma vez por todas.
Vivemos em meio a uma pandemia que já afetou cada um de nós, arrisco a dizer, de maneira irreversível. Este eclipse traz uma promessa de um novo impulso. Ocorreu na madrugada da noite mais longa do ano, no signo de Câncer, que simboliza a família, a ancestralidade e a base fundamental que cada um carrega dentro de si. Se algo veio à tona acolha, inclua ou descarte definitivamente. Se você não se sentiu pessoalmente tocado(a), isto é um bom sinal. Seus alicerces estão firmes e prontos para receber novas e estimulantes edificações. Fortalecer suas bases é uma sábia decisão. O segundo semestre de 2020 ainda nos reserva alguns desafios. É preciso se preparar.

Para o Mundo:

Os eclipses que ocorrem agora em 21 de junho e 5 de julho de 2020, acontecem exatamente nos mesmos graus dos que ocorreram nos dias 21 de junho e 5 de julho de  2001e que antecederam  à queda das torres gêmeas em Nova York. Certamente este tinha sido o evento de maior impacto ocorrido até agora neste século 21. O mundo não foi mais o mesmo a partir de então. Você certamente lembra onde estava, o que fazia e como aquilo te afetou em maior ou menor grau.

Analogamente agora o mundo vive uma situação cujas marcas serão indeléveis e cujo impacto não será esquecido. Resta saber se a pandemia se antecipou ao eclipse ou se teremos mais um evento igualmente significativo ainda neste ano. O grau zodiacal do eclipse sempre fica marcado, e quando algum planeta, principalmente Marte toca este grau, eventos acontecem. Em 2001 a passagem de Marte pelo grau do eclipse estava assinalada para as datas entre 08 e 13 de setembro.
Agora em 2020 teremos o mesmo ocorrendo por volta do dia 28 de junho. Indicação de que algo importante pode ocorrer próximo desta data. 

E para o Brasil:

O mapa do Brasil (Independência) está especialmente ativado por este eclipse. A área econômica e o poder executivo estão diretamente afetados. A correção de rota dentro desses setores deve, já a partir do final do mês de junho, apontar o rumo dos acontecimentos. O poder Legislativo – Câmara e Senado, também estão ofuscados e apagados durante a vigência deste eclipse enquanto os aspectos mais promissores estão sobre o Poder Judiciário e todas as formas de oposição ao governo.

Manifestações populares também estarão favorecidas e podem, em alguma medida, trazer alento e renovar as esperanças do povo. No segundo semestre deste ano (período da vigência deste eclipse) temos ainda um aspecto que deve abalar significativamente as estruturas de poder, no governo, na imprensa e nas empresas. 

Falta de clareza e de vigor para o enfrentamento de situações é o mínimo que se pode dizer sobre os efeitos do eclipse sobre o mapa do atual presidente.
Para pontuar este eclipse é só ler as manchetes de jornal:

Para usar um termo da moda pode-se dizer que, em termos astrológicos, temos por estes dias a “tempestade perfeita” sobre o Brasil. 
Como disse acima, este é apenas mais um capítulo da série eclipses de 2020.

Eclipes 26 de Junho 2020

Neste ano, considerado pela Astrologia e por outros ramos do conhecimento um marco na história da humanidade, contar com a indicação dos ciclos planetários nos ajuda a entender e organizar melhor nosso tempo, nossas escolhas  e nossas atividades. 
Reitero aqui meu convite para que você faça uma leitura do seu mapa. Nela um mundo de possibilidades pode se revelar!

Venha conhecer o maravilhoso caminho que as estrelas iluminam para você e conte comigo para te ajudar.

Um forte abraço e até a Lua Cheia em 05 de julho com o terceiro e último eclipse da temporada.